»
LIVING LIFE IN PEACE
IMAGINE ALL THE PEOLE
© CREDITOS
É horrível lembrar que você passou de um “grande amigo” para um “simples conhecido”.
“É que ela sabe que você é o problema que ela nunca vai conseguir resolver, mas, ela continua, porque no fundo acredita em você. E você sabe que ela é a única que compreende teu mau humor, tua ressaca contínua, tuas desculpas esfarrapadas, as explicações sem nexo em relação as tuas idas, mas, ambos sabem que as vindas estão relacionadas a ela. Você principalmente, tu entende que nenhuma garota sorri como ela, porque ela sorri estranho demais para alguém fazer igual, e nada que essas garotas possam fazer na cama, vai comparar ao que vocês dois não fazem na cama. No fundo, você sabe que são as diferenças dela que fazem todo o sentido nesse teu mundo meio fora do ar. Depois de tudo, ela é a única que te confunde, ela é a única que te derruba, ela é a única que te levanta, ela é a única que vai te atender às 3 da manhã, só para ouvir como tu é um canalha, e mesmo que você não lembre o que disse a ela na noite passada, ela vai lembrar, ela vai entender, ela vai perdoar, porque, ela é única demais pra você, ela é mulher demais em comparação as outras menininhas que tu pega. Com ela você é um, sem ela você é só mais um. Ela vai te levar a um parque perto da casa dela, e você vai levar as outras para o primeiro motel que encontrar na estrada. Ela vai apertar a sua mão quando se sentir insegura, e as outras nunca vão se sentir seguras contigo. Ela vai te ligar para saber se você ta bem, e as outras vão te passar o número errado, ela vai te convidar para uma festa de casamento, e vocês vão rir dos vestidos mal costurados, enquanto as outras vão te encontrar por aí e rir. Então você consegue dizer “me chupa” para as outras, mas, com ela é difícil, com ela você só consegue dizer “fica mais um pouco”. Com as outras, você vai querer sair dois minutos depois, com ela você vai achar que nenhum tempo é o bastante, é como se teu mundo se dividisse quando ela não esta, e é, você sabe disso, ela sabe disso, elas sabem disso. Porque você grita o nome dela para as outras, e sussurra um torto quase, eu te amo para ela. Não é que você não consiga, só parece tão ruim, você encontrar alguém que pode te desvendar, e tu tem medo que um dia ela acabe percebendo que por trás dessa tua casca, você precisa desse alguém o tempo todo para saber quem você é. Na verdade, tua mãe não te da mínima, teus amigos curtem o teu dinheiro, e as outras curtem o teu sexo, puro desespero, você vai se inchar de todos, e depois vai bater na casa dela, pedindo por algumas horas de sorrisos verdadeiros, da real felicidade, de confiança, de verdade, é aí que você percebe que ela é a única coisa concreta na sua vida, que ela não te incha, ela te transborda.E você se sente uma criança, ouvindo uma história de ninar, pronto pra dormir. Enquanto ela mostra a coleção dos Beatles, você fuça o celular procurando qualquer música que ela tenha prazer em ouvir. Ela fala dos livros que comprou, e você vai lembrar das revistar pornográficas que roubou do teu melhor amigo. Ela vai te mostrar as fotos em família, enquanto você tenta lembrar a ultima vez que esteve com toda a família reunida. Aí você pede desculpas por não poder ficar, por não poder estar, por precisar tanto dela, e ver que ela não precisa de você pra nada, pelas diferenças de mundos. Mas, vez ou outra, você vai olhar pra ela e ela como toda mulher vai ficar quieta, esperando você decifrá-la, e talvez você consiga entender, que ela sente a tua falta, que ela gosta de você assim mesmo, mulheres tendem a gostar do complicado, do difícil, do impossível. Mas, vocês vão continuar na mesma, você se achando insuficiente, e ela esperando você não achar mais nada, e você vai continuar com todas, sentindo falta de uma só, e ela vai ler livros e ouvir Beatles, enquanto você tira cinco minutos para aprender algum refrão, ou fazer uma citação para ela, e você vai tentar ser o cara que você acha que ela quer que você seja, enquanto ela te aceita do jeito que tu é. Aposto que você vai abrir mão de algumas coisas, mas, vai continuar o mesmo cafajeste, o mesmo carente, o mesmo cara solitário, e você vai precisar dela, mesmo depois que todos já estiverem dormindo, você vai precisar dela, quando brigar com tua mãe, você vai precisar dela quando broxar e ver que nenhuma das outras vão te entender. Um dia, ela vai acenar pra você na rua, e você vai ver que ela não esta sozinha, um dia você vai ver que ela cansou de esperar, mas, quando você ligar bêbado pra ela, ela vai te atender como sempre, e você vai entender que ela não desistiu de você, o mundo inteiro seria capaz de desistir de você, mas, ela não, ela jamais desistiria. Porque ela é estranha, ela ama o cara problemático, ela ama o canalha, ela ama o moleque, ela ama você. E isso é algo que você não vai conseguir entender, ela vai te aceitar a qualquer hora, quando todos te jogarem pra fora, além do mais, você a ama exatamente por isso."
Orquestrando.     (via reatou-se)
“Reclamamos quando são nossos amigos que estão apaixonados, mas quando somos nós achamos que tudo bem falar da pessoa o dia inteiro, ter um mini surto a cada mensagem recebida e suspirar a cada vez que o nome da pessoa passa pela cabeça."
S.    (via isadoravinhas)
“Você enxerga os meus olhos lacrimejados, mas não consegue sentir o que vejo. É como um silêncio que todos escutam e ninguém entende, ou como as pessoas cheias de asas e completamente vazias de vôos. Meu bem, o céu é só uma rachadura do infinito quando paramos pra pensar na imensidão das coisas. Uma concha no meio do mar. Pontos finais em poemas sem fim. Eu ando tentando me salvar porque o trânsito astrológico do mundo é intenso demais - eu sempre me atrapalho, me atropelo. E o tal Sol na quarta casa parece querer incendiar-me em ascendentes astrológicos inexatos, numa guerra íntima de não ser ninguém. Você vê todos os meus passos, mas nunca os caminhos refeitos e os espinhos cravados no peito. Não enxerga a furta-cor da alma, e talvez nem mesmo a aquarela escura dos meus olhos. Vivo encolhida em mim porque o Universo não me acolhe, e se expande noite adentro enquanto continuo a sumir… Mas eu juro: só visto-me de inconstância pra constar em estrelas pouco vistosas a olho nu. Pra dilatar minha pupila com tuas nebulosas, e pelo desejo de juntar nossas insignificâncias em buracos negros que engulam a lucidez e masquem qualquer indício de sanidade. Que sejam como quasares e, ainda assim, nunca façam de minhas metáforas um meio-termo. Não sirvo pra intensidades medidas, ou para abismos superficiais. Nem mesmo caibo em corpos celestes traçados de horizontes e espectros - gosto de ser estrela pintada à mão, sem brilhos que ofusquem como holofotes. Você pode enxergar todo o céu, e ainda assim não ver a magnitude escondida nos detalhes das pessoas. E sentir seus pulsos frenéticos, mas de forma alguma os ínfimos pulsares pequenos e densos que há dentro da gente. Existe em mim uma supernova em eterno colapso. Um infinito que nunca dorme. Um caderno de poemas sujo de café. E um fim."
Unirversos  (via alentador)
Posso te contar um segredo? Meu coração pula só de falar com você.
Sério, preciso de alguém, mas não qualquer pessoa, alguém que cuide de mim e me ligue só para saber se eu não me feri no dia, que se preocupe se eu estou sorrindo e se eu não estiver, sair correndo, bater na minha porta e falar: “Estou aqui”. Preciso de alguém que deite na minha cama, não para fazer “sexo”, mas para ficar abraçada comigo só pra me manter seguro, preciso de alguém que goste do meu cheiro por seu meu, e fale que eu sou um anjo que caiu do céu, necessito de alguém, que me acompanhe quando for sair, que não tenha ciúmes quando eu falar com amigos ou amigas minhas, mas que também demonstre um pouquinho de insegurança para que possa olhar no seu olho e falar “Amor, fica tranquila, nada vai tirar você de mim”. Preciso de um refúgio, preciso de um local que padeça minhas lágrimas e que esse local seja com você. Preciso de alguém, que me ame por quem eu sou e não pelo que vê, pois beleza acaba um dia e o que sobra é o que foi verdadeiro. Preciso de alguém, que espero chegar e nunca chega, ou se chega, sempre vai embora. Preciso de alguém que fique comigo, mesmo quando eu fale, pode ir, eu vou ficar bem. Preciso de alguém, que me ligue de madrugada, mesmo sabendo que não gosto de ser acordado e fale: “Precisava ouvir sua voz para dormir”. Preciso de alguém que precise de mim e assim precisando, eu preciso de um “AMOR”. É isso que eu preciso.
“Estou com a incrível sensação de se sentir querido, amado, protegido, cuidado. Estou com vontade de morar num abraço, adormecer num sorriso, num sopro de hálito quente, de beijo com coração acelerado, de mãos frias, de mãos dadas. Estou sentindo segurança, sentindo certeza, sentindo confiança. Quero um só colo quando o mundo desabar, quero ter quem me pegue pelas mãos, ter quem me puxe, quem me empurre, quem me queira até mesmo quando eu cansar de mim mesmo. Quero ter pra onde ir, ter um caminho e ter quem me acompanhe. Estou com aquela sensação de sorrir com apenas um toque, uma palavra. Aquela sensação de ter seu coração em boas mãos. Sabe o amor? Eu já experimentei."
Meu nome não é John  (via rejeitei)
“"Alguém vai te amar exatamente pelo que você é."
Parece aquele tipo de conselho clichê que se diz quando alguém toma um pé na bunda. É que já deu tanto errado antes que a gente desacredita que possa dar certo. A última vez doeu tanto que a gente se pega criando muros tão espessos a nossa volta e não permite que ninguém os atravesse. Cada cicatriz faz com que fique mais difícil. Porque só a gente sabe o quão difícil é se permitir e quando depois de muita relutância a gente se permite, no final, quando a pessoa também não é aquela que vai nos amar pelo que somos, percebemos que não vale mais a pena. Não é falta de felicidade, não, amigos e família suprem isso. É a outra metade da laranja, a tampa da panela, o chinelo velho pro pé cansado. É saber que existe sim alguém a nossa espera por aí. E quando encontrarmos essa pessoa, entenderemos porque não deu certo antes."
Querido John.    (via querido—john)
e aí, cê topa?
“Eu sou o erro da família"
— (via 0bjetividade)
“Eu to com vontade de ficar. Ficar em teus braços, abraçados. Ficar com seu cheiro, com o sabor da sua boca. Ficar com as marcas das suas mordidas, ficar grudado em seu corpo, sem hora pra soltar. Ficar com você, permanecer com você."
Allax Garcia.  (via 0bjetividade)
preciso sentir verdade no que você diz e faz.